Tipos de ração: a diferença para a alimentação do pet

Tipos de ração: a diferença para a alimentação do pet

Todo nós sabemos a importância da alimentação saudável. Para nós, humanos, ela traz benefícios para a saúde, contribui para nos manter ativos para realizar as tarefas diárias e ainda melhora o humor. O semelhante acontece com os pets, ou seja, cães e gatos também necessitam ter uma alimentação equilibrada para garantir uma nutrição adequada, ter disposição e qualidade de vida e longevidade.  

Mas como proporcionar uma dieta adequada para o pet? A dica é oferecer uma ração de qualidade para o animalzinho, que contenha todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento e possua equilíbrio entre carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais.  

Atualmente, no Brasil, existem diversos tipos de ração com qualidades diferentes, que se diferem em seus componentes, modo de fabricação e comercialização. Para ajudar você a escolher o tipo ideal de ração para o seu pet, no artigo de hoje, explicaremos como são feitas as populares, Standard, Premium e as Super Premium e como elas podem influenciar no dia a dia do seu pet. Acompanhe:

 

Rações Populares

As rações populares são as mais baratas no comércio. Elas, na maioria das vezes, são compostas por subprodutos de milho, soja, farelo de algodão, entre outros. Como não possuem uma qualidade adequada, evite oferecer rações de padrão abaixo do mediano (Standard), pois seu animal estará com falta de nutrientes adequados, que influenciará diretamente na pelagem, no peso, na imunidade e até mesmo na quantidade de fezes que ele irá produzir (muito grande).

Em sua grande maioria, são comercializadas a granel (por peso) em feiras e mercadinhos e são mais baratas que os outros tipos disponíveis no mercado.

 

Rações Standard

Apesar desse tipo de ração ser balanceado, a qualidade da proteína usada em sua fabricação é bem inferior. As rações tipo Standard, normalmente, são compostas por gordura animal, farinha de carne e ossos e glúten de milho.

Embora sendo produtos de empresas maiores, que buscam por meio da mídia uma fatia maior do mercado e são formulados com ingredientes de qualidade superior às rações populares, ainda não são ideais no que se refere à digestão. Uma vez que o percentual de proteínas baixo apresenta menor digestibilidade, se comparado à soja ou ao glúten.

Além disso, as rações Standard, em grande parte, possuem uma quantidade excessiva de corantes, conservantes e palatabilizantes, ou seja, aditivos utilizados na alimentação animal para melhorar o sabor do alimento. São comercializadas em supermercados, pet shops e mercearias e em relação a preço estão em uma faixa mais intermediária.

 

Rações Premium

As rações da linha Premium oferecem níveis nutricionais superiores, se comparadas às citadas anteriormente. Elas são mais saborosas e possuem qualidade e controle dos ingredientes mais rigorosos. Podem apresentar variações nos ingredientes e muitos deles são de origem vegetal.

Com formatos bem variados algumas rações desse tipo podem ser compostas por corantes e flavorizantes (substâncias naturais ou sintéticas que, quando adicionadas a um alimento proporcionam um sabor característico).

A rações Premium são formuladas com carne de frango, ovelha, resíduos de abatedouro e miúdos de frango, que possuem maior digestibilidade e proporcionam um menor trabalho do organismo do pet para metabolizar o alimento. Como a digestibilidade é maior, o consumo diário de ração é menor e o volume de fezes do animal é menor. Assim, diminuindo o consumo diário do alimento. Os valores das rações Premium são intermediários.

 

Rações Super Premium

A linha é composta por ingredientes de alta qualidade, além de suplementos nutricionais, que em longo prazo oferecem maior qualidade de vida e longevidade ao pet. As rações Super Premium apresentam tecnologias de produção modernas, focam na qualidade dos ingredientes e performance dos animais nos diversos estágios de vida e custo benefício melhor, pois proporcionam alta digestibilidade e densidade energética melhor.

Assim, garantem alta qualidade e nutricional além de uma menor ingestão de alimento. As rações dessa linha também evitam o risco do aparecimento de doenças nutricionais no decorrer da vida do cão ou gato.

As rações Super Premium são produzidas com 100% de proteína animal, que tem maior digestibilidade. Utilizam conservantes naturais, conservantes e palatabilizantes. Atualmente, a linha é balanceada para seniors, adultos, filhotes, porte e tem formulação específica até para raças e nível de atividade dos animais. Normalmente, o custo é mais elevado, porém o custo-benefício é o maior entre todos os tipos de ração oferecidas pelo mercado devido à qualidade nutricional e o volume ingerido necessário.

Lembre-se que o melhor profissional para orientar sobre qual é a melhor opção, a melhor forma de oferecer e a quantidade adequada de ração é o médico veterinário. Somente ele é capaz de avaliar os parâmetros corretos e saber se a dieta é satisfatória para cada pet especificamente.

 

Este artigo foi útil para você? Esclareceu as suas dúvidas sobre os tipos de rações oferecidas no mercado? Conte para a gente nos comentários!

 

Olá, deixe seu comentário para Tipos de ração: a diferença para a alimentação do pet

Enviando Comentário Fechar :/

Veja Também:

Artigos Relacionados